<!-- --><!-- --><style type="text/css">@import url(http://www.blogger.com/css/navbar/classic.css); div.b-mobile {display:none;} </style> <link rel="openid.server" href="https://www.blogger.com/openid-server.g" /> <!-- --><style type="text/css">@import url(https://www.blogger.com/static/v1/v-css/navbar/3334278262-classic.css); div.b-mobile {display:none;} </style> </head><body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d4354672029530198457\x26blogName\x3dPandora\x27s+Temple+Posts\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://pandorastemple-home.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://pandorastemple-home.blogspot.com/\x26vt\x3d-8232446366334822299', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script> <iframe src="http://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID=38581794&amp;blogName=regras&amp;publishMode=PUBLISH_MODE_BLOGSPOT&amp;navbarType=BLUE&amp;layoutType=CLASSIC&amp;homepageUrl=http%3A%2F%2Fregrasdamned.blogspot.com%2F&amp;searchRoot=http%3A%2F%2Fregrasdamned.blogspot.com%2Fsearch" height="2500px" width="255" marginwidth="0" marginheight="0" scrolling="no" id="navbar-iframe" frameborder="0"></iframe> <div id="space-for-ie"></div>

  Início de Post  †

domingo, 25 de janeiro de 2009

^.^

Olá! Como prometido, dessa vez eu não me escondi e não sumi. E cá estou com poucas notícias, mas marcando presença. Estou aproveitando as férias pra colocar em dia os animes, e já assisti Basilisk e agora estou vendo Devil May Cry. Muito bons, apesar de eu ter achado Devil May Cry com cara de Hellsing reciclado. =]
Enfim, por enquanto é isso. Nada de muuuito interessante pra contar. Esperando as aulas começarem e talz. Mas vou deixar um poema que não sei se já coloquei antes, mas na falta de material [ainda estou providenciando coisas novas] espero que agrade.

Sonhe que é feliz,
Vaso vazio;
Você só se engana
Se perde,
Cai na lama.

Bate como criança
Na mão que se estende.
Tenta alcançar a que não te quer
Que finge, mas não te entende.

Vida sem sal
Sem senso crítico
Barco sem porto
Sem bem nem mal
Amor ácido, cítrico
Corpo morto.


Postado às 20:01 14 Comentários



  Início de Post  †

domingo, 4 de janeiro de 2009

Volta...

Olá, e mil desculpas. Puxa, peço imenso perdão da parte de todos por esse hiato não comunicado. Infelizmente, como eu já vinha adiantando em posts anteriores, a fase não era das melhores, e tudo estava tão difícil e pesado que eu fui obrigada a fazer um corte de atividades e mesmo assim as coisas não estavam moleza. =/ Sei que é péssimo eu não ter vindo nem avisar a quem acompanha (ou acompanhava) esse humilde bloguinho. Enfim, espero nunca mais fazer isso, porque eu realmente senti saudade. Há alguns comentários para serem respondidos, e prometo que isso será feito o quanto antes. Estou de férias, e com isso me sinto mais descansada e animada; Estou esperançosa com esse novo ano, então vamos lá!
Enfim, não sei se os antigos leitores ainda passam por aqui (espero sinceramente que sim), mas tentarei visitar os amigos pra conferir as novidades deles, e avisar que as coisas por aqui devem andar. =]
Não sei se quem passar por aqui gostará do poema de hoje, mas por enquanto é que tenho disponível aqui. Assim que puder volto com algumas coisas novas. Até breve! [realmente breve, dessa vez!]


Longe do aceno
Da fala vazia
Falsa;
Boca de veneno,
Palavra macia,
Sorriso ameno
Dos olhos de ressaca.

Jogada, sim
Pisando em vidro fino
Mas agradecida, enfim.
Lutando num sonho carmim
Oferecendo minha própria vida
Jorrando gotas de sangue cristalino.


Postado às 18:36 8 Comentários



  Início de Post  †

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Disturbed

Olá! Estava ansiosa para vir aqui hoje! Como havia antecipado no post anterior, hoje eu vim especialmente para deixar uma dica de música pra quem visita o Templo.
Eu simplesmente amo música, e há um tempo alguém muito especial me apresentou essa banda chamada Disturbed, me mandando o último cd deles. Foi amor à primeira canção. Já consegui os álbuns antigos e comecei a me informar mais. E claro que eu não ia deixar de indicar pra vocês. Pra quem não conhece, eu recomendo que ouçam e depois comentem sobre o que acharam. =]
O som é pesado sem cair no exagero e criativo, na minha opinião. Um bom vocalista e letras interessantes. Algumas músicas, como Indestructible e Divide, parecem que tem um feeling, um quê a mais.
Enfim, pra quem se interessar então, fica a dica e deixo também alguns links de história da banda, rádio online pra você ouvirem as músicas da banda e o vídeo da minha música favorita deles com a letra da música. Vou ficando por aqui e assim que puder volto com novidades. Beijos e curtam:
Disturbed no Last Fm - ouçam Divide e Indestructible
Wikipedia - Sobre a banda.


Vídeo de Indestructible:

Disturbed - Indestructible
Another mission
The powers have called me away
Another time
To carry the colors again
My motivation
An oath I’ve sworn to defend
To win the honor
Of coming back home again
No explanation
Will matter after we begin
Another dark destroyer that’s buried within
My true vocation
You know my unfortunate friend
You will discover
A war you’re unable to win

I'll have you know
That I’ve become…

Indestructible
Determination that is incorruptible
From the other side
A terror to behold
Annihilation will be unavoidable
Every broken enemy will know
That their opponent had to be invincible
Take a last look around while you’re alive
I’m an indestructible master of war

Another reason
Another cause for me to fight
Another fuse uncovered
Now, for me to light
My dedication
To all that I’ve sworn to protect
I carry out my orders
With not a regret
A declaration
Embedded deep under my skin
A permanent reminder
Of how we began
No hesitation
When I am commanding the strike
You need to know
That you’re in for the fight of your life

You will be shown
How I've become....

Indestructible
Determination that is incorruptible
From the other side
A terror to behold
Annihilation will be unavoidable
Every broken enemy will know
That their opponent had to be invincible
Take a last look around while you’re alive
I’m an indestructible master of war

I'm...

Indestructible
Determination that is incorruptible
From the other side
A terror to behold
Annihilation will be unavoidable
Every broken enemy will know
That their opponent had to be invincible
Take a last look around while you’re alive
I am indestructible (indestructible)

Indestructible
Determination that is incorruptible
From the other side
A terror to behold
Annihilation will be unavoidable
Every broken enemy will know
That their opponent had to be invincible
Take a last look around while you’re alive
I’m an indestructible master of war


-------------------------------------------------------------------------------------
Indestrutível
Uma outra missão,
Os poderes me chamaram
Uma outra vez
Pra carregar as cores de novo
Minha motivação,
Um juramento que prometi defender
Para ganhar a honra
De voltar para casa de novo
Nenhuma explicação
Vai importar depois de começarmos
Outro destruidor das trevas que está enterrado em mim
Minha verdadeira vocação
Você conhece meu amigo infeliz
Você vai descobrir
Uma guerra que você não pode vencer

Eu vou ter fazer saber
Que eu me tornei

Indestrutível
Determinação que é incorruptível
Do outro lado
Um terror para contemplar
Aniquilação será inevitável
Todo inimigo quebrado vai saber
Que o seu oponente tinha que ser invencível
Dê uma última olhada em volta enquanto você está vivo
Eu sou um indestrutível mestre da guerra

Uma outra razão
Uma outra causa para eu lutar
Um outro fusível descoberto
Agora para eu acender
Minha dedicação
Para tudo que eu jurei proteger
Eu obedeço minhas ordens
Sem nenhum arrependimento
Uma declaração
Enterrada profundamente em minha pele
Um lembrete permanente
De como nós começamos
Nenhuma hesitação
Quanto eu comando o ataque
Você precisa saber
Que você está nessa luta por sua vida

Será mostrado a você
Como me tornei...

Indestrutível
Determinação que é incorruptível
Do outro lado
Um terror para contemplar
Aniquilação será inevitável
Todo inimigo quebrado vai saber
Que o seu oponente tinha que ser invencível
Dê uma última olhada em volta enquanto está vivo
Eu sou um indestrutível mestre da guerra

Eu sou...

Indestrutível
Determinação que é incorruptível
Do outro lado
Um terror para contemplar
Aniquilação será inevitável
Todo inimigo quebrado vai saber
Que o seu oponente tinha que ser invencível
Dê uma última olhada em volta enquanto está vivo
Eu sou um indestrutível mestre da guerra
___________________________________________________________________
Créditos: Estas letras foram retiradas do site Letras.mus.br - www.letras.mus.br


Postado às 17:15 11 Comentários